Wellington lamenta os 49 óbitos e se reunirá com COE para adotar medidas rígidas

Dê sua opinião: