Diretório estadual do PSDB irá recorrer da decisão do TRE-PI

Diretório estadual do PSDB irá recorrer da decisão do TRE-PI

O Diretório Estadual do PSDB no Piauí, emitiu uma nota de esclarecimentos na última quarta-feira (30) referente à reprovação das contas do partido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Piauí em audiência ocorrida na última segunda-feira (28). O parecer do tribunal resolveu suspender o repasse das cotas do Fundo Partidário do partido pelo prazo de um mês. Tribunal reprovou as contas do PSDB referentes ao ano de 2018 Na segunda-feira, o TRE-PI por meio da Coordenadoria de Controle Interno e Auditoria do tribunal (COCIN), desaprovou as contas do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) por conta das irregularidades apresentadas, que foram: o atraso no envio dos relatórios financeiros de campanha dentro do prazo estabelecido pela legislação, omissões relativas às despesas constantes na prestação de contas e a não destinação do valor mínimo do Fundo Partidário relativo à cota de gênero para as candidaturas femininas. Em nota, o advogado que representa o diretório estadual do partido no Estado, Carlos Yuri, afirmou que os pontos apresentados pelo tribunal são apenas falhas meramente formais e que, portanto, irá recorrer da decisão junto ao TRE. Conforme o advogado, o julgamento realizado na última terça-feira (29), dois dos pontos mencionados no relatório já foram superados. “No que se refere ao envio dos relatórios financeiros fora do prazo estabelecido em lei, ficou consignado que esse fato não impediu a análise das contas apresentadas pelo partido. Quanto ao ponto seguinte, aplicação do percentual mínimo do fundo partidário nas campanhas femininas, o relator também verificou que o partido cumpriu essa regra”, declarou. Carlos Yuri acrescenta que o único ponto que falta ser debatido junto ao tribunal se trata da ausência de lançamento de uma única nota fiscal, o que não significa dizer que diretório do partido sonegou qualquer tipo de informação ou deixou de cumprir as regras de gastos eleitorais. O advogado destacou que o PSDB reitera seu apreço às normas eleitorais e que cumpre à risca.

Dê sua opinião: