Brasil registra recorde de mortes por Covid-19 nas últimas 24h

País contabilizou mais de 100 mortes nesta terça-feira (7): foram 67 só em São Paulo

Os números da doença no Brasil são preocupantes

Os números da doença no Brasil são preocupantes

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 17h35 desta terça-feira (7), 13.831 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 681 mortes pela Covid-19. O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na tarde desta terça-feira (7), aponta 13.727 casos confirmados e 667 mortes.

O Rio de Janeiro chegou a 1.688 casos confirmados da doença e 89 mortes. A Bahia confirmou sua 13ª morte e chegou a 549 casos confirmados. Amazonas está com 23 mortos pela doença e no Maranhão o número de mortos passou de 4 para 8. O Paraná contabiliza 15 fatalidades e o Distrito Federal, 12.

No Ceará são 35 mortos pela Covid-19 e Minas Gerais tem registro de 11 mortes. Pernambuco chegou aos 352 casos e 34 mortos pela doença, e o Amazonas alcançou 636 casos, sendo que já são três indígenas infectados pelo novo vírus.

Na segunda-feira, (6) o Acre registrou a primeira morte e, agora, apenas o Tocantins não apresenta casos fatais.

Nesta manhã, o Rio Grande do Sul atualizou o número de casos para 508 e Sergipe, para 36. No início da tarde, a secretaria de Saúde do Mato Grosso do Sul divulgou um aumento de 21% no número de casos em 24 horas. Estado tem 80 infectados confirmados.

Veja alguns dados sobre a Covid-19 no Brasil até as 14h desta terça:

Brasília é a cidade com mais casos em números relativos: 1,55 por 10 mil habitantes
São Paulo é a cidade com mais casos em números absolutos: 3.754
Além de São Paulo, Rio de Janeiro (1.110 casos) e Fortaleza (925 casos) aparecem na frente como cidades com mais registros da doença
Tocantins é o único estado que não registrou mortes
O mais jovem a morrer foi um adolescente de 15 anos
O mais idoso a morrer foi um homem de 96 anos, no Rio das Ostras (RJ), no dia 25 de março.

Fonte: G1

Dê sua opinião: