Teresina aplica 34,86% dos recursos próprios na área da Saúde

Teresina aplica 34,86% dos recursos próprios na área da Saúde

Aconteceu na última quinta-feira (03), na Câmara Municipal de Teresina, a apresentação do 2º relatório quadrimestral de prestação de contas da Fundação Municipal de Saúde (FMS) do ano de 2019. Segundo o relatório, 34,86% dos recursos próprios da prefeitura foram aplicados na área da saúde. No encontro também foram apresentados dados referentes à saúde, como a produção ambulatorial e hospitalar da rede municipal de saúde. Fundação Municipal de Saúde apresenta relatório aos vereadores de Teresina Charles Silveira, presidente da Fundação Municipal de Saúde, colocou que o relatório da prestação de contas é uma exigência da legislação do Sistema Único de Saúde (SUS) e permite o monitoramento da produção da área da saúde na capital. O presidente da fundação destacou também a importância que é apresentar o relatório aos vereadores da capital, porque, segundo ele, é através do relatório que será possível que os parlamentares participem de forma mais ativa da construção do SUS. A apresentação do relatório foi coordenada pela diretora de planejamento da FMS, Cláudia Glauciene, que levou dados relevantes sobre o tema, como o total de investimento feito pela prefeitura na área de saúde, assim como as auditorias realizadas e a oferta e produção de serviços de saúde. A coordenadora afirma que há um esforço contínuo da gestão em qualificar informações sobre o SUS e apresentá-las aos órgãos de controle dentro dos prazos estabelecidos. Participaram do evento os vereadores, Enzo Samuel (PCdoB), Pollyana Rocha (PV), Edilberto Borges (PT), Luiz Lobão (MDB) e Luís André (PSL), além de alguns representantes da Fundação Municipal de Saúde. O relatório apresentado  possibilita o monitoramento da produção da área da saúde em Teresina, e é através desses dados que é possível identificar avanços e desafios da área, contribuindo assim para tomada de decisões que visem melhorar o serviço.

Dê sua opinião: