Vereadores votam solicitação de empréstimo da Prefeitura de Teresina

Vereadores votam solicitação de empréstimo da Prefeitura de Teresina

Foi aprovado em primeira votação projeto que autoriza o município de Teresina, através do poder executivo municipal, a contratar operação de crédito no valor de R$ 30 milhões de reais com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para implementação do projeto “Teresina Protege”. Apesar de ter sido aprovado na primeira votação, o projeto precisará ser votado e aprovado novamente para que possa ser sancionado pelo prefeito Firmino Filho (PSDB). A líder do prefeito, vereadora Graça Amorim, achou natural os pedidos de vistas O projeto foi amplamente debatido na Câmara Municipal de Teresina durante o mês de setembro. O secretário municipal de Cidadania e Assistência Social de Políticas Integradas (Semcaspi), vereador Samuel Silveira (PSDB), visitou o legislativo municipal para apresentar mais informações aos vereadores sobre a proposta. Os recursos do empréstimo serão destinados para a compra de equipamentos de câmeras de vigilância que possibilitarão o monitoramento das entradas e saídas da cidade, visando ampliar as ações de proteção e prevenção de violência e criminalidade na capital. A meta é criar um Centro Integrado de Comando e Controle. A proposta do projeto visa reunir os mais diversos órgãos do município para fazer o uso da tecnologia no combate à violência e monitoramento do trânsito e auxiliar nas tomadas de decisões das ações preventivas unificando as forças de polícia, além da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsitos (STRANS), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e a Guarda Civil Municipal (GCM). A líder do prefeito na Câmara, vereadora Graça Amorim, comentou sobre o trâmite do projeto na Casa, que seguirá agora para sua segunda votação. “A prefeitura está solicitando ao BNDES, um empréstimo para montar uma central de monitoramento, visando dar melhor segurança à população de Teresina. Monitorar para evitar assaltos. A proposta do prefeito Firmino é tornar Teresina uma cidade segura”, declarou o líder do prefeito. Graça explica que a central de monitoramento será compartilhada com a secretaria de Segurança do Estado, para que se possa dar maior segurança aos moradores de Teresina. O projeto foi aprovado em primeira votação com 23 votos favoráveis e quatro pedidos de vista, solicitados pelos vereadores: Cida Santiago (PSD); Edilberto Borges (PT); Jeová Alencar (PSDB) e Joaquim do Arroz (PRP). Graça Amorim vê com naturalidade os pedidos de vistas. Segundo ela, "é natural, é regimental. Entendemos com muita naturalidade. Querem conhecer melhor o projeto”. A vereadora acredita que o projeto ainda deva ser aprovado no mês de novembro, para que o empréstimo possa ser contraído ainda no ano de 2019.

Dê sua opinião:

Veja Também