Deputada traz Expedição Google de Segurança na Internet em Teresina

Deputada traz Expedição Google de Segurança na Internet em Teresina

IRACEMA E GOOGLECerca de 500 estudantes participaram das palestras da Expedição Google de Segurança na internet em Teresina nesta segunda feira . Pela manhã, alunos do Caic do Promorar e do CETI Solange Viana assistiram à apresentação dos especialistas Mariana Macário e Marcos Martins. À tarde, a palestra acontece na Escola Municipal Nossa Senhora da Paz. Com bom humor e uma linguagem adequada ao público jovem, temas como compartilhamento seguro de conteúdos, senhas e acesso seguros, e responsabilidade na web foram citados como essenciais para o bom uso da internet. Para Mariana Macário, cinco dicas são fundamentais para que o acesso à grande rede não se torne um problema. "Nós citamos essas cinco dicas nas palestras porque elas são básicas: Pense bem antes de compartilhar, proteja suas coisas, configure suas páginas e acessos, evite golpes e seja legal. Essa última é simplesmente não fazer com os outros o que não gostaria que fizessem com você", explica. Mariana destaca ainda que acredita na capacidade de discernimento dos jovens. "A maioria sabe o básico de segurança. É importante ter a orientação da família e da escola, nós falamos de práticas que são adequadas à idade deles , mas é bom que haja um acompanhamento em casa", comenta. Para a deputada federal Iracema Portella, que viabilizou a realização da Expedição no Piaui, a iniciativa do Google tem uma importância fundamental para propagar o uso seguro da internet. "Estou feliz com o resultado é com a participação dos estudantes de Teresina. Não temos como fugir da realidade: os jovens passam boa parte do dia conectados, então o que podemos fazer é orientá-los da melhor maneira possível", diz a parlamentar. A Expedição Google de Segurança na Internet já passou pelo Distrito Federal e pelos estados de Goiás, Maranhão e Espírito Santo. A ideia é ir a todos os Estados do país. Para mais informações sobre segurança na internet, acesse: www.google.com.br/safetycenter .             Fonte: Ascom

Dê sua opinião: