Aprovada suspensão da cobrança dos empréstimos feito pelos servidores estaduais

O indicativo de Lei é de autoria do deputado Franzé Silva (PT) que defende que os consignados sejam pagos após a pandemia

Franzé Silva aguarda a votação no Plenário da Casa

Franzé Silva aguarda a votação no Plenário da Casa

A Comissão de Constituição e justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Piauí aprovou, nesta terça-feira, o indicativo de projeto de lei que solicita a suspensão do cumprimento de obrigações financeiras referentes a empréstimos consignados, contraídos por servidores públicos estaduais do Piauí em decorrência da pandemia causada pelo Novo Coronavírus. A proposta é de autoria do deputado Franzé Silva (PT). O parlamentar petista defende que a interrupção das cobranças de empréstimos, com desconto em folha, contraídos pelos servidores públicos do estado junto às instituições financeiras deva ser pelo prazo de 90 dias, podendo ser prorrogado por igual período. Segundo ele, as parcelas em aberto deverão ser acrescidas ao final do contrato, sem a incidência de juros ou multas. O indicativo de projeto de lei vai ser colocado em votação no plenário do legislativo estadual.

Dê sua opinião: