PODER

Pro Piauí vai investir R$ 6 bilhões em 224 municípios até 2022

Rafael Fonteles assegurou que todos os 224 municípios piauienses serão contemplados com obras e ações

Secretário estadual da Fazenda, Rafael Fonteles

Secretário estadual da Fazenda, Rafael Fonteles

Coordenador do Programa Pro Piauí, que estima investimentos da ordem de R$ 6 bilhões até 2022, o secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles, assegurou todos os 224 municípios piauienses serão contemplados com obras e ações objetivando desenvolvimento econômico e social do estado

"É tudo com o objetivo de ter começo, meio e fim, com uma programação clara, inclusive em fevereiro vamos apresentar uma espécie de prestação de contas daqueles investimentos já realizados, aqueles que estão em execução e aqueles que estão em fase de contratação, para ficar mais transparente para toda a sociedade", explicou Rafael Fonteles, em entrevista ao jornal Notícia da Manhã (TV Cidade Verde) desta quarta-feira (03).

"Tanto no eixo social, o que envolve educação, saúde, segurança, atenção aos vulneráveis, como na área de desenvolvimento, que envolve infraestrutura, Parcerias Público-Privadas (PPPs), modernização da prestação do serviço do estado e atração de investimentos. Mais da metade dos recursos previstos estão em conta, recursos do tesouro estadual, operação de crédito e articulados com convênios federais, principalmente, a partir das emendas dos parlamentares federais em todas as áreas. Temos tido bons resultados, muita coisa encaminhada e vai ficar tudo muito delineado nesse portal que iremos fazer um lançamento", avalia o secretário.

Rafael Fonteles foi questionado sobre uma eventual candidatura ao Governo do Estado em 2022. "Este ano, o foco do trabalho é a manutenção do equilíbrio fiscal do estado. É uma conquista que é dinâmica, tem que estar todo dia focado nisso para a coisa não desandar. Fizemos grandes conquistas em relação a isso como o pagamento antecipado da folha de pagamento, o 13º, a quitação das dívidas com a União, o único estado que quitou 100% das suas dívidas diretas com a União, só existe a dívida bancária. O Piauí é um dos menos endividados do país, só pra citar exemplos que demonstram o equilíbrio fiscal. Mas isso é algo constante e mais ainda agora com a missão de coordenar o Pro Piauí, esse grande programa de investimentos que é pra ter começo, meio e fim e requer uma energia, um trabalho e foco muito grande", desconversou Rafael Fonteles.

Fonte: TV Cidade Verde

Dê sua opinião: