PODER

Regina Sousa vai reunir o secretariado na quarta-feira

A primeira reunião da equipe com a governadora será às 14h30, no auditório da Sasc

Governadora do Piauí, Regina Sousa

Governadora do Piauí, Regina Sousa Foto: CCom

A governadora do Piauí, Regina Sousa (PT), vai reunir todo o secretariado na tarde da próxima quarta-feira (20), às 14h30, no auditório da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc).


A primeira reunião da equipe foi anunciada durante a inauguração do novo auditório da Sasc - na Rua Acre, 340, bairro Cabral, em Teresina - na manhã desta segunda-feira (18).



Desde que assumiu o governo, em 31 de março, Regina Sousa vem fazendo reuniões setoriais  - já teve audiências com os gestores da Saúde, Educação, Segurança Pública e Fazenda - para conhecer as "engrenagens" da administração estadual.


Novo auditório

Regina Sousa comemorou a inauguração do novo auditório. "Feliz pela entrega porque era uma coisa que a gente se ressentia muito no meio da assistência social... de não ter acessibilidade. Sempre que vinha alguém que tinha alguma deficiência física que impedia andar precisava ser carregado, era muito constrangedor. Então agora nós temos um auditório com acessibilidade e isso é muito importante, porque ambiente de trabalho também faz parte da administração pública, faz parte das necessidades dos servidores também. É satisfatório e muito importante essa entrega para o trabalho que a Sasc faz”, destacou a governadora.



O secretário Zé Santana ressaltou a importância de um espaço maior para as reuniões da Sasc. “A construção desse espaço aqui se deu em função de que nós tínhamos um auditório, mas no último pavimento do prédio principal e tínhamos muita dificuldade de acessibilidade, sem contar que era também um espaço pequeno para as demandas da Sasc. Nós teremos por exemplo amanhã e depois de amanhã capacitação aqui para os técnicos de 224 municípios do estado. Esse tipo de capacitação, esse tipo de interação com os municípios é uma necessidade constante para as atividades da assistência. Então, nós procuramos a ideia de que tivéssemos um auditório com as condições necessárias pra o desenvolvimento dessas atividades com acessibilidade e com o conforto mínimo realmente para que se possa ter as condições adequadas para esse desenvolvimento das ações”, explicou o secretário Zé Santana.

Fonte: Paulo Pincel

Dê sua opinião: