PODER

Governadora autoriza a nomeação de 176 policiais civis que fizeram curso de formação

Os alunos do curso de formação fizeram festa no portão do Karnak ao saber da boa notícia

Os futuros policiais civis comemoraram muito a boa notícia

Os futuros policiais civis comemoraram muito a boa notícia Foto: Reprodução

A governadora do Piauí, Regina Sousa, autorizou a contratação dos 176 policiais civis aprovados no concurso público de 2018 e que concluíram o curso de formação agora em junho de 2022.



"Era um concurso muito esperado, que por conta de pandemia e outros fatores a gente segurou, então eles fizeram o curso de formação e agora a gente chamou. Reforça a segurança.  A Secretaria de Segurança estava precisando de servidores efetivos, policiais da atividade fim que são os policiais civis, para reforçar mais ainda a segurança do estado que é a nossa meta principal, é a gente reduzir os nossos índices que eram muito muito bons e agora cresceu um pouco e a gente não deixar continuar crescendo", defendeu Regina Sousa, sobre a nomeação.




A decisão foi tomada após várias reuniões para tratar do assunto, inclusive uma última, realizada na manhã desta quarta-feira (29), da qual participaram os secretários de Governo, Antonio Neto; de Administração, Ariane Benigno; de Segurança, Coronel Rubens Pereira; e de Justiça, Carlos Edilson; além do delegado-geral de Polícia Civil, Lucy Keyko.


Concurso de 2018

A turma que será nomeada foi aprovada no concurso em 2018 e passou por todas as cinco fases de treinamentos e testes. A concursada Nádia Lima fala sobre a felicidade em receber a notícia. Para ela, a alegria é ainda maior ao saber que toda a turma também será nomeada.

"A gente tá muito feliz com essa conquista porque é uma luta muito grande. Esse reconhecimento nos enche de muita alegria porque era uma coisa muito esperada e não ficou nenhum colega sem ser nomeado, serão todos. Com a graça de Deus, no dia 4, estaremos todos nomeados, só aguardando a posse para irmos para os nossos destinos", comemora a futura agente de Polícia Civil.




O delegado-geral de Polícia Civil, Luccy Keyko, foi um dos que mais se empenhou e comemorou ao lado dos alunos do curso de formação a nomeação dos novos agentes de polícia, que reforçarão a segurança no interior do estado. O delegado adianta que, com a nomeação dos novos agentes, será possível um remanejamento de policiais do interior para atuarem na região metropolitana da capital.

"Fico muito feliz com essa notícia e agradeço à governadora e toda a equipe do governo por todo o esforço que está sendo feito para melhorar cada vez mais a nossa segurança pública, principalmente nessa parte de polícia judiciária. É muito difícil nomear uma quantidade significativa de servidores: são mais de 170 servidores que reforçarão as delegacias do interior do estado. Nós iremos preparar o plano de lotação deles, além de também fazer um concurso interno de remoção, já que com essas nomeações será possível reforçar a área metropolitana", previu o delegado-geral.




O secretário Rubens Pereira destacou a importancia desses novos agentes para contribuir nas investigações e melhorar os indicadores de segurança do estado. "Nós estamos muito felizes com isso, sabendo é claro da importância que tem a nomeação desses agentes para a segurança pública, serão nomeados para o interior do estado para as investigações, nos inquéritos auxiliando os delegados de forma que são necessários pra desvendar crimes de investigações que estão em andamento e atender a população. Eles serão nomeados e a partir daí terão 30 dias para posse e logo em seguida o exercício das atividades. Benefícios para todos e para segurança pública na redução de indicadores da violência"

A notícia foi muito comemorada com abraços, lágrimas e muito barulho pelos novos policiais, que realizavam uma manifestação pacíifica na Praça Francisca Trindade, em frente ao Palácio de Karnak, desde a manhã de hoje, ao som do Hino do Piauí.


Fonte: Paulo Pincel/CCom

Dê sua opinião: