PODER

Força tarefa da PM, PC, PF e PRF vai atuar no combate ao crime organizado em Parnaíba

Governo do Estado vai instalar gabinete de gestão integrada da Segurança no litoral

Prefeito Mão Santa, de Parnaíba, com o governador Wellington Dias

Prefeito Mão Santa, de Parnaíba, com o governador Wellington Dias Foto: Ascom/Prefeitura de Parnaíba

O Governo do Estado vai instalar um gabinete de gestão integrada pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Penal, Polícia Civil, Guarda Municipal e Serviço de Inteligência da Secretaria de Estado da Segurança Pública para combater o crime organizado no litoral do Piauí.  O gabinete de gestão integrada terá a coordenação do tenente-coronel Pacífico e do delegado regional da Polícia Civil Eduardo Ferreira. 

A Polícia Militar do Piauí (PM-PI) organiza uma operação para a próxima sexta-feira (24) no litoral piauiense com o envio de viaturas e policiais militares.  "A Polícia Civil participará com o Greco e com a Delegacia Especializada em entorpecentes, investigando e a PM fará esse trabalho ostensivo, com apoio das polícias federais. Todo esse trabalho vai acontecer de forma integrada e terá um balanço a cada 15 dias", adiantou o secretário da Segurança Pública, coronel Rubens Pereira.

Oito viaturas da Polícia Militar de Teresina serão deslocadas para Parnaíba até sexta-feira (24). Em seguida, um contingente de agentes da Polícia Civil também segue para o município.

O governador Wellington Dias ligou para o prefeito Mão Santa
Foto: Ascom/Prefeitura de Parnaíba

Ligação - Na tarde desta terça-feira (21), o governador  do Piauí, Wellington Dias (PT), ligou para o prefeito de Parnaíba, Francisco de Assis de Moraes Souza, o "Mão Santa", para elaborar um plano de trabalho integrado de enfrentamento às facções criminosas que aterrorizam os municípios da região, traficando drogas e executando rivais.

O secretário Municipal de Governo, Fábio Barros, confirmou que a conversa entre Mão Santa e o governador foi bastante proveitosa.

“Foi uma conversa boa. A prefeitura vai fazer uma parceria com o governo do estado que prometeu enviar efetivo, viaturas e a prefeitura dará toda estrutura necessária, inclusive cedendo um prédio, para funcionar a força-tarefa”.

 Na semana passada, Mão Santa pediu ao presidente Jair Bolsonaro, o envio da Força Nacional para Parnaíba. O pedido foi encaminhado ao Ministério da Justiça e à Casa Civil, que é chefiada pelo ministro Ciro Nogueira, senador pelo Piauí e aliado do prefeito. “Vamos aguardar uma resposta do governo federal”, disse o secretário Fábio Barros.

Ações simultâneas - Outra decisão anunciada pelo gabinete de gestão da Segurança é a ampliação de ações conjuntas dos órgãos de segurança pública dos estados do Piauí,  Ceará e Maranhão para combater a criminalidade. O gabinete de gestão integrada terá a coordenação do tenente-coronel Pacífico e do delegado regional da Polícia Civil Eduardo Ferreira.

Rubens Pereira explicou que algumas medidas mais urgentes estão definidas. “Entres as medidas, estão a instalação do gabinete de gestão integrada; a realização de operações ostensivas com reforço de equipes especializadas de Teresina, a partir da próxima sexta-feira, até final do ano; e a instalação de uma força-tarefa de investigação integrada com a Polícia Civil e Polícia Federal de enfrentamento às organizações criminosas”, declarou o secretário.

A PM-PI já vem realizando operações integradas, com a finalidade de combater o crime organizado, homicídios, tráfico de entorpecentes e outras modalidades criminosas em todo o estado.

Fonte: Paulo Pincel

Dê sua opinião: