PODER

Folha revela que Teresina aplicou 114 doses vencidas de vacina; Sesapi e FMS negam

Secretaria de Saúde garante que vacinas aplicadas estavam dentro do prazo de validade

Vacina AstraZeneca/Fiocruz

Vacina AstraZeneca/Fiocruz Foto: Agência Brasil/Reuters/Sérgio Perez

Pelo menos 114 doses vencidas da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 teriam sido aplicadas em Teresina, segundo a reportagem publicada nesta sexta-feira (2) pelo jornal Folha de São Paulo. Os dados foram obtidos em registros oficiais do Ministério da Saúde - DataSUS e Sage - de acordo com número do lote das vacinas vencidas.

A  Secretaria de Estado da Saúde informou, através de nota de esclarecimento divulgada no começo da tarde desta sexta, que todos os lotes de vacinas enviados pelo Ministério da Saúde ao Piauí estão dentro do prazo de validade. A Fundação Municipal de Saúde de Teresina também reagiu à informação.  

Segundo A Folha, até o dia 19 de junho, foram aplicadas 26 mil doses vencidas do imunizante em .532 municípios brasileiros, inclusive Teresina,  26º lugar no ranking das cidades brasileiras com mais aplicações de doses vencidas. Unidade de Saúde do Buenos Aires, com  98 doses aplicadas, lidera o ranking de locais onde houve maior vacinação com imunizante vencido.

No Piauí, foram aplicadas 252 doses fora do prazo de validade. As três cidades com mais registros foram Teresina, com 114; Lagoa de São Francisco, com 36,  e  Itaueira, com 20 doses.  Os lotes vencidos são 4120Z001, 4120Z004, 4120Z005, CTMAV501 [70% das doses aplicadas depois da validade no Brasil foram desse lote], CTMAV501, CTMAV505, CTMAV506, CTMAV520 e 4120Z025. As vacinas desses lotes foram distribuídas de janeiro a março pelo governo federal para todos os estados do país antes do vencimento. Os lotes somam quase 3,9 milhões de doses, das quais cerca de 140 mil não foram utilizadas dentro do prazo de validade.

Vacina AstraZeneca
Foto: Sesapi

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA SESAPI:
A Secretaria de Estado da Saúde informa que todos os lotes de vacinas enviados pelo Ministério da Saúde ao estado do Piauí estão dentro do prazo de validade. As caixas contêm nota técnica com informações sobre  a data de validade dos imunizantes encaminhados, assim como em todos os frascos constam os prazos de vencimento. A Sesapi esclarece ainda que antes da distribuição para as Regionais de Saúde, a Coordenação de Imunização verifica além do prazo de validade, a temperatura de acondicionamento dos imunizantes, que vêm sendo aplicados dentro do prazo de validade apresentados em documentos oficiais do Ministério da Saúde.

NOTA DA FMS:
A Fundação Municipal de Saúde informa  que em Teresina nenhuma dose de vacina foi aplicada com prazo de validade vencida.A FMS confere o prazo de validade de todos os imunizante recebidos e realiza a aplicação conforme as orientações do fabricante. Em todos os frascos dos imunizantes constam os prazos de vencimento da vacina.
 

Fonte: Redação

Dê sua opinião: