Wellington Dias garante que não se meterá na eleição da Alepi


Os deputados estaduais do Piauí não terão a interferência do governador Wellington Dias (PT) na eleição para a presidência da Assembleia Legislativa. A declaração foi dada pelo próprio governador à jornalista Germana Chaves, do Portal GP1, nesta sexta-feira (20).

Essa neutralidade de Wellington Dias na definição da nova Mesa Diretora do Poder Legislativo Estadual evita complicações com alguns parlamentares da base, já que os dois candidatos a presidente, os

Wellington procura evitar problemas futuros

deputados Hélio Isaías (PP) e Themístocles Filho (MDB), são dos partidos da base governista. O MDB tem seis deputados e o PP é composto de cinco parlamentares.

O governador Wellington Dias declarou que a Assembleia Legislativa é quem deva desenvolver o processo eleitoral. Para ele, o diálogo entre os deputados é necessário. Segundo o governador, é com independência do parlamento estadual deve decidir que fará parte da nova direção da Alepi.

Wellington Dias tem conversado com os deputados e ouvido a opinião de cada um. A maioria defende que o nome de consenso para comandar o legislativo estadual no período de 2019 e 2020 é o deputado, e atual presidente da Casa, Themístocles Filho.