Wellington apresenta projetos na China para Comércio Internacional


O governador Wellington Dias teve, nesta segunda-feira (05), a primeira reunião com membros do Conselho da China para a Promoção do Comércio Internacional (CCPIT) na China. Na oportunidade, foram discutidas oportunidades de investimentos das empresas no Brasil com destaque para o nordeste. O conselho chinês desenvolve cooperação empresarial e intercâmbios com outros países.

encontro com representantes do CCPIT (Álvaro Carneiro)

“Essa primeira agenda permitiu uma aproximação do nosso estado com a CCPIT, o que abre caminhos para estreitarmos relações entre empresas da China no Piauí e as do Piauí na China, já que o CCPIT hoje representa o interesse de aproximadamente 200 mil empresas e funciona como o braço governamental que faz o acompanhamento, a integração para as áreas de comércio exterior, importação e exportação e também centraliza e acompanha as empresas chinesas que investem em outros países e as empresas de outros países também que investem na China. Esse diálogo que tivemos é um caminho importante para as agendas que vamos ter a partir de hoje porque já vamos contar com o acompanhamento e apoio da equipe da CCPIT”, destacou Wellington.

Dias falou também sobre o convite feito para participar de evento com investidores chineses que ocorrerá ainda este ano no Brasil. “Eu recebi esse convite de membros da CCPIT e acredito que a participação do Piauí nesse evento é de fundamental importância para estreitar relacionamentos, e mais do que isso, viabilizar negócios de interesse dos dois lados, da China, em nossa região e do Piauí para a China, aproveitando a oportunidade fiz uma proposta para que, nessa visita ao Brasil, eles pudessem incluir uma agenda com o Consórcio Nordeste onde o objetivo é de estreitar os relacionamentos da região nordeste com a China, com investidores e com o próprio governo”, ressaltou o governador.

Em segunda agenda no país, Wellington apresentou em almoço a executivos e empresários chineses a carteira de potencialidades do Piauí e logo em seguida se reuniu em grupos isolados que demonstraram interesse na carteira.

“Nossa apresentação despertou um grande interesse. A partir desses encontros aqui na China queremos despertar a confiança e o interesse para investidores ampliarem seus negócios da China no estado do Piauí. Aqui pelo menos três empresas manifestaram interesse de se aprofundarem na área de transportes relacionadas ao porto e na possibilidade de nos ajudar nos estudos para integrar Teresina à Trasnordestina. Há empresas que já conhecem com mais profundidade a Transnordestina e compreendem a sua importância. Outras empresas também manifestaram interesse junto ao nosso VLT que exige um investimento para mais 30 km dentro de Teresina. Então, eu saio dessa reunião hoje bastante animado, porque as empresas já estão fazendo agendamentos e já irão ao Piauí nesse evento de agosto e outras estão agendando visitas em todo o decorrer do ano”, complementou Dias.

 

Fonte: