Dudu não tem apoio do grupo de Merlong e Assis garante eleição


A alegria do vereador de Teresina, Edilberto Borges, o Dudu do PT, durou pouco. Feliz, o parlamentar petista avisava por todos os cantos que tinha o apoio de 94% do grupo interno do PT, no Piauí, Resistência Socialista. Esse grupo é formado pelo deputado federal, licenciado, Merlong Solano, Pedro Calisto, Décio e Mauricio Solano. Porém, Pedro Calisto informou que o seu grupo apoiará a reeleição do deputado federal Assis Carvalho para a presidência do diretório estadual do PT.

O grupo de Pedro Calisto anuncia apoio ao deputado Assis Carvalho

Pedro Calisto já informou a decisão ao deputado Cícero Magalhães, que apoia a candidatura do vereador Dudu. Calisto defende que haja uma candidatura única formada por todos os grupos internos do partido. Caso isso não aconteça, a Resistência Socialista vai dar apoio a candidatura de Assis Carvalho.

Pedro Calisto conversou na manhã desta terça-feira (17) com o deputado Cícero Magalhães. Agora, a intenção é sentar com o vereador Dudu para conseguir formar uma chapa fechada com todas as correntes do PT.

Na conversa com Assis Carvalho, ficou acertado que o grupo ligado a Merlong Solano e Pedro Calisto indicará o secretário de finanças do partido e mais cinco membros na executiva do PT.

O deputado Assis Carvalho afirma que, se a eleição petista acontecer hoje, ele conta com cerca de 70% dos votos dos filiados ao Partido dos Trabalhadores, no Piauí.

A corrente Resistência Socialista conta com cerca de 3 mil membros