Regina tem orgulho dos piauienses que lutaram pela independência


Em 13 de março de 1823 tropas portuguesas e trabalhadores travaram uma batalha sangrenta no município de Campo Maior pela independência do Brasil, a Batalha do Jenipapo, lembrada todos os anos pela prefeitura do município e o governo do Estado. A vice-governadora Regina Sousa participou das solenidades e disse que sente orgulho dos conterrâneos que com coragem e astúcia enfrentaram as tropas de João José da Cunha Fidié.

As comemorações começaram com uma missa na Catedral de Santo Antonio, celebrada pelo bispo Dom

A vice-governadora acompanhou a solenidade junto com o governador

Francisco de Assis Gabriel dos Santos, seguida de culto na Primeira Igreja Batista e encerrou com solenidade no Monumento Heróis do Jenipapo, na BR 343. No local teve desfile cívico-militar, apresentação de peça teatral que destacou os anônimos que lutaram contra as tropas de Fidié e a história da escrava Felicidade que foi morta a espetadas a manda da patroa por ciúmes.

A vice-governadora destacou que é preciso que todos saibam o que ocorreu às margens do rio Jenipapo, principalmente os jovens, pois os livros de história relatam que foi com uma frase que Dom Pedro proclamou a independência do Brasil, mas não contam que em Campo Maior centenas de pessoas perderam a vida lutando por uma vida melhor. “ Eu me orgulho da nossa gente que com coragem e astúcia lutaram contra as tropas portuguesas. E eles devem ser sempre lembrados.”

Regina Sousa representou o governador Wellington Dias na missa e no culto de ação de graças, acompanhada do prefeito de Campo Maior, José Ribamar Carvalho, o Ribinha, que ressaltou que  data tem uma grande representatividade no cenário municipal, estadual e nacional. “É necessário relembrar o 1823, ano em que ocorreu a batalha sangrenta em prol da Independência do Brasil, que demonstrou a coragem do campo-maiorense, a fé e a esperança por dias melhores.”

No Monumento Heróis do Jenipapo, governador Wellington Dias visitou os túmulos dos combatentes, condecorou 28 cidadãos com a Medalha do Mérito Renascença do Piauí e o prefeito entregou as 28 Medalhas Heróis do Jenipapo.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Ascom