Reforma administrativa não vai tramitar em Regime de Urgência


O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho (MDB), declarou que a votação das propostas da reforma administrativa, entregue na manhã desta segunda-feira (18) pelo governador Wellington Dias, vai tramitar em regime normal. A mensagem da reforma administrativa não vai ser votada em regime de urgência.

Themístocles Filho afirmou que as mensagens do governo vão tramitar normalmente

Antes de ir para o plenário e ser votada pelos deputados, as cinco mensagens que adequam a reforma administrativa vai passar por quatro comissões técnicas do poder legislativo Estadual.

O governador Wellington Dias conversou com os deputados em reunião fechada no gabinete da presidência da Casa.

Com a reorganização administrativa do Estado, o governador pretende executar o Programa de Desenvolvimento Econômico. Com este programa o governo deseja estabelecer como meta a elevação do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) acima de 0,7.