Parlamentar irá ao MPF contra Agespisa e Eletrobrás


ver-dudu-do-pt-03O vereador Dudu (PT) anunciou, na Tribuna da Câmara Municipal de Teresina (CMT), nesta terça-feira (8), que irá ao Ministério Público Federal (MPF) contra a Eletrobrás e a Agespisa. A ação do vereador se dará em razão das constantes quedas de energia e água em toda a capital, durante o período mais quente do ano.

As duas empresas são públicas e responsáveis, respectivamente, pela distribuição de energia e de água no Piauí. Segundo o vereador, as empresas não estão oferecendo o serviço com a qualidade necessária para o aumento da demanda durante o período conhecido como B-R-O-Bró. O vereador pedirá que a cobrança das tarifas nas regiões afetadas pela falta de água e de energia sejam suspensas, até que o serviço seja restabelecido com garantias de funcionamento.

“Já participei de várias reuniões com os diretores das duas empresas e, em todas elas, não conseguimos chegar a uma solução. Enquanto isso, a população sofre sem água, e ainda por cima pagando um preço elevado por um serviço que não chega”, denuncia o vereador.

De acordo com as denúncias recebidas pelo parlamentar, a água não chega por falta de energia suficiente para o bombeamento às residências. “O comércio, todas as atividades econômicas saem prejudicadas com a falta de energia e a falta de água. É cruel que o teresinense tenha que passar por todas estas aflições em um período como este. São famílias, crianças, idosos, que sofrem com as temperaturas extremas, sem que tenham nenhuma defesa. Não há como defender as empresas”, denuncia Dudu.

ECONOMIA PARADA
Outro ponto abordado pelo vereador, é a de que a falta destes serviços essenciais, fazem com que empresas e indústrias deixem de vir para Teresina. “Comércios, restaurantes, empresas não funcionam e têm altos prejuízos por conta dessas oscilações de energia e pela falta de água. Toda a economia da cidade é prejudicada por conta da má qualidade dos serviços prestados”, finaliza Dudu.

 

 

 

 

 

Fonte: Ascom