Obra da galeria da zona Leste retoma ritmo normal após chuvas


Com a redução do volume das chuvas na cidade, a construção da galeria da zona Leste de Teresina retoma seu ritmo normal a partir da próxima segunda-feira (13). No período de chuvas mais intensas, a obra estava na fase de perfuração de poços e de serviços de microdrenagens.

Trabalho foi reiniciado

De acordo com a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste, o próximo passo será a abertura de duas caixas de passagem, que será responsável pela mudança do trecho da galeria. A obra será feita nas extremidades da Avenida João XXIII, uma em frente à Jacaúna e a outra no cruzamento da Rua Elvídio Ferraz com a marginal da João XXIII.

“Com o final do período chuvoso, os serviços da galeria serão retomados em ritmo normal. Até o mês de julho, nossa intenção é atravessar a Avenida João XXIII e dar o devido e efetivo prosseguimento aos serviços da galeria, que garantirão a drenagem das águas das chuvas, evitando os alagamentos nas principais avenidas e ruas da região”, explicou o superintendente João Pádua.

O superintendente executivo e engenheiro Ângelo Cavalcante informa que a obra já passou do seu primeiro quilômetro de extensão e que as próximas etapas serão realizadas dentro do período estimado. “Sabemos que as próximas fases da obra terão uma complexidade maior, mas estudaremos as medidas necessárias para minimizar os transtornos à população. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, disse.

Com investimento superior a R$ 49,4 milhões, a galeria é uma obra complexa e que terá 7 km de extensão. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

 

Ascom/PMT