Margarete Coelho foi relatora do Projeto que torna assedio moral no trabalho crime


Os deputados federais aprovaram terça-feira (12), um projeto que faz com que o assédio moral no trabalho se torne crime. Os senadores irão receber o projeto agora. A proposta coloca que assédio moral é “ofender reiteradamente a dignidade de alguém, causando-lhe dano ou sofrimento físico ou mentar, no exercício de emprego, cargo ou função”. A deputada federal Margarete Coelho (PP) foi a relatora do projeto. A parlamentar piauiense considera que “a conduta não pode se apresentar esporadicamente ou em decorrência de um fato isolado. A dignidade da pessoa deve ser afetada de forma intencional e reiterada, tanto no trabalho como em todas as situações em que haja algum tipo de ascendência inerente ao exercício do emprego, cargo ou função”.