Margarete Coelho diz que Progressistas não tem problemas por escolha de secretários


A deputada federal Margarete Coelho apontou que o encontro do Progressistas (PP), realizado na manhã desta segunda-feira (06) na residência do senador Ciro Nogueira, mostrou uma atmosfera bem amistosa dentro do partido, e que a sigla não tem problemas internos gerados pelas escolhas, apontadas como decisões pessoais do governador, para compor o secretariado.

Margarete Coelho diz acompanhar o senador Ciro Nogueira

Ainda, segundo ela, as divergências geradas durante a escolha do secretariado entre seu nome e o ex-deputado Maia Filho, devido a escolha de Wellington Dias para a Secretaria de Meio Ambiente foram todas resolvidas durante o encontro.

Maia Filho foi a indicação de Ciro Nogueira e Júlio Arcoverde, presidente estadual do PP, para ocupar a pasta dentro do secretariado. No entanto, a escolha de Wellington foi pela indicação de Sádia Castro, feita por Margarete Coelho.

“As críticas que Maia Filho fez eu não tomei como pessoais, nós conversamos agora durante o encontro e resolvemos tudo. O governador queria uma gestão técnica e Sádia Castro tem doutorado e pós-doutorado em Educação Ambiental, atendendo ao que o governador estava procurando”, apontou Margarete Coelho.

Margarete Coelho finalizou destacando que todas as suas decisões políticas passam pela análise de Ciro Nogueira, e que a indicação de Sádia Castro também foi levada até o presidente nacional do Progressistas.