Júlio Arcoverde quer que governador “resolva” a eleição da Assembleia


“O PT e o PP mandaram a fatura lá para o Themístocles e se ele não cumprir nós vamos mesmo é entregar

Júlio Arcoverde espera que Wellington Dias resolva o “abacaxi”

na mão do governador né, dizer ó, nós tentamos e o Themístocles não resolveu né, então vamo ver isso aí”.

Essa é uma gravação atribuída ao presidente estadual do PP, deputado Júlio Arcoverde, feita por telefone, com uma pessoa não identificada e tratando sobre a formação da chapa de consenso para a Assembleia Legislativa do Piauí, que acontece no dia 1º de fevereiro.

Na gravação vazada, Júlio Arcoverde diz que vai levar a questão ao governador Wellington Dias e colocar para ele decidir o caso. E deixa bem claro que a responsabilidade do conflito na formação da chapa de consenso é do deputado Themístocles Filho.  Porém, Wellington Dias já declarou que irá ficar neutro na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa, por ter dois deputados aliados na disputa.

Deputados que apoiam a reeleição de Themístocles Filho consideram que o PP não pode colocar nenhuma imposição sobre a formação da chapa. E acreditam que o governador Wellington Dias não tem motivos para se meter na eleição do Poder Legislativo do Piauí.

O presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, através das redes sociais, informou que já lavou as mãos sobre a eleição da Assembleia Legislativa e que os deputados do partido podem votar em quem quiserem.