Governador não vai intervir na polêmica entre titulares e suplentes na Alepi


Plenário da Assembleia Legislativa do Piauí
Foto: Thiago Amaral

O secretário de Estado do Governo, Osmar Júnior (PCdoB), descartou qualquer intervenção do governador Wellington Dias na polêmica criada entre os deputados titulares e os suplentes na Assembleia Legislativa.

Os seis deputados que exerciam cargo de secretário decidiram retornar ao mandato, sem aviso prévio aos suplentes. Os motivos alegados pelos titulares foram as emendas ao Orçamento de 2020 e os pedidos de empréstimos que chegam hoje ao Legislativo.

“Essa não é uma saída que o governo possa dar. O governador convidou deputados que aceitaram e agora resolveram retornar sob o argumento que precisam participar dos debates, das decisões acerca da autorização para novos financiamentos que gerarão grandes obras para o Piauí. Portanto, o governo vai continuar sua marcha, o governador vai continuar dialogando, mas essa é uma questão que diz respeito a cada um dos deputados”, desconversou o secretário.