Franzé quer Comissão de Estudos Territoriais do Piauí até 2023


Na sessão ordinária desta quarta-feira (20), na Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, o deputado Franzé Silva (PT) apresentou Projeto de Lei que altera os dispositivos da Lei n° 666 de 16 de junho de 2015 de prorroga o prazo de vigência da Comissão de Estudos Territoriais do Estado do Piauí (CET) até o ano de 2023. Segundo ele, o  objetivo é dar continuidade à prestação dos serviços na solução de litígios entre os municípios piauienses.

deputado também apresentou requerimentos solicitando a construção de calçamento

O deputado também apresentou requerimentos solicitando da Secretaria Estadual de Transporte a construção de 5 mil metros de calçamento em paralelepípedo na comunidade Salobro, no município de Lagoa Alegre; da Procuradoria Geral de Justiça solicitando a manutenção da ordem jurídica na garantia da aplicação de Leis e que sejam aplicadas medidas pertinentes e apuração sobre a existência de um grupo de extermínio que estaria atuando na cidade de Piripiri e do Coronel Rubens Silva, através da Delegacia Geral, a investigação sobre o mesmo grupo. Ele também requereu do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) a construção de ponte na localidade Taboca, no município de Sebastião Barros e a a recuperação da PI 383 que liga os municípios de Angical e Jardim do Mulato e da Secretaria Estadual de Saúde solicitando a construção de uma unidade básica de saúde na comunidade Santa Rita no município de Monsenhor Gil.

O deputado Fábio Novo (PT) apresentou requerimento para o desarquivamento do Projeto AL 15782/18 que trata sobre o Projeto de Lei 118 de 2017 que versa sobre a permanência e a obrigatoriedade do profissional fisioterapeuta nas Unidades de Terapia Intensiva do Estado do Piauí. Já a deputado Oliveira Neto (PPS) solicitou da CEPISA Equatorial o retorno do posto de atendimento daquela unidade no município de Gilbués ou a implementação de um novo posto de atendimento no município de Monte Alegre.

Já a deputada Lucy Soares (PP) apresentou requerimento solicitando da Secretaria Estadual de Educação, detalhadamente, a relação completa de cada uma das escolas da rede pública estadual de ensino com seus respectivos endereços, e-mails e números telefônicos e do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (DETRAN) requisitando informações sobre quantidade de carteiras nacionais de habilitações emitidas pelas instituições aos deficientes auditivos. Todas as matérias foram lidas no Plenário da Assembleia Legislativa e entrarão em votação nas próximas sessões.

 

Fonte: Ascom/Alepi