João Henrique Sousa toma posse no cargo de presidente nacional do Sebrae

Na tarde desta segunda-feira (07), na sede do Sebrae, em Brasília, o ex-ministro João Henrique Sousa assume a presidência nacional da entidade. Durante dois anos e meio, João Henrique Sousa esteve presidindo o Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (SESI). Ele foi eleito para o cargo de presidente nacional do Sebrae no final de novembro do ano passado, depois de ser indicado pelo, então presidente Michel Temer. João Henrique Sousa já declarou não estar preocupado com a redução de verbas no Sistema S, anuciada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. O novo presidente do Sebrae acredita numa revisão dos cortes pelo Governo Bolsonaro.

Os da vice não voltaram, não

Em dos decretos assinados pelo governador Wellington Dias, no dia 28 de dezembro do ano passado, determinava que todos os servidores públicos estavam contratados e, em seguida, contratados automaticamente. Exceto da Vice-Governadoria. Exceto a pasta que está sob o comando da vice Regina Sousa. Ela mesma que iria selecionar os seus assessores. A vice-governadora do Piauí tem demonstrado personalidade e respeito pelo governador Wellington Dias.

Prefeituras recebem 50 veículos L-200 para combater mosquito da Dengue

Acontece nesta terça-feira (08), uma solenidade de entrega de 50 veículos L-200 para desenvolver ações do Programa Nacional de Controle da Dengue. Os carros serão entregues para 50 municípios piauienses. A solenidade vai acontecer no Núcleo do Ministério da Saúde no Piauí, que fica na rua Magalhães Filho, no centro de Teresina. O evento acontece a partir das 8 da manhã. O senador Ciro Nogueira e o coordenador geral da CHNE/MS/PI, Ferndinand Feitosa, está enviando convites para a solenidade.

O sonho do rompimento de Ciro com Wellington

Ontem tive um sonho esquisito. No sonho, o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, estava rompido com o governador Wellington Dias (PT). E o piauiense estava nos braços do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que já foi seu companheiro de partido. Muito estranho mesmo.

A história foi a seguinte:

O resultado da eleição da Assembleia Legislativa foi o estopim da separação de Wellington Dias e Ciro Nogueira.

O PP não fazia mais parte da base do governo. É que Themístoles Filho (MDB) havia conseguido a reeleição de presidente do legislativo estadual piauiense. E esse resultado foi uma demonstração, segundo as lideranças progressistas, de que o governador petista não deu apoio para o candidato Hélio Isaías (PP). Até deputados do PT não votaram nele.

No sonho alguém me lembrava de tudo que a claque petista já havia feito com os progressistas e dizia que o resultado da eleição tinha sido a gota d’água.

Com esse rompimento com Wellington Dias, Ciro Nogueira ficava livre para fazer sua campanha para 2022 e se aproximar do presidente Jair Bolsonaro. Afinal, o PP é o terceiro maior partido na Câmara dos Deputados. Com essa separação de Wellington Dias, o senador piauiense ficava mais “limpeza” com o presidente do Brasil.

Embora muitos tivessem alertado que o nome mais forte não era o de Hélio Isaías, o senador ficava contente porque a sua derrota na Assembleia Legislativa seria o início de uma vitória para Ciro Nogueira e o Progressistas que perdia 16 votos no Legislativo, mas abria caminho para a que o Progressistas com seis deputados, centenas de prefeitos e agora o apoio do Governo Federal, conquistasse milhares de votos. Misturado com este mesmo sonho o presidente Jair Bolsonaro liberava recursos para a conclusão de duas obras de extrema importância para o Piauí que nunca foram concluídas nos governos de Lula e Dilma e com isso conquistava a simpatia de parte do eleitor piuiense.

Que sonho esquisito!

Ao lado do índio, há uma grande mulher

 

Séria, sincera, coerente, lutadora, fiel, positiva… Se fossemos procurar palavras que tem muito com a vice-governadora Regina Sousa iriamos encontrar centenas. Regina Sousa sorri? Sorri, sim. Ela tem a cara fechada? Tem sim. E tem, também, pureza e verdade. Quem conhece Regina Sousa sabe que o governador Wellington Dias deu uma dentro. E olha que o petista, no governo passado, fez muitas jogadas erradas. Regina Sousa como vice-governadora faz Wellington Dias ter a certeza que poderá contar com uma pessoa pronta para trabalhar, lutar, vencer, recuar… Regina Sousa chegou no PT e fez o partido existir de fato. Como senadora do Piauí, mesmo muitos não querendo aceitar, fez um trabalho excelente. Valorizou os direitos humanos de pessoas, grupos e comunidades que precisavam. Regina Sousa foi escolhida a terceira melhor senadora do Brasil. A petista foi notícia. E notícia positiva. Wellington Dias sabe que a missão que entregar para essa mulher, será cumprida. E Regina Sousa já disse que se não tiver função, o que vai ser impossível acontecer, ela vai cobrar o trabalho dos gestores das pastas do governo atual. E se ela diz, ela faz.

Governador nomeia Merlong Solano e outros servidores interinamente

A primeira ação do governador Wellington Dias, depois de tomar posse para o quarto mandato, foi nomear interinamente para o cargo de secretário de Governo, o colega petista Merlong Solano. Wellington Dias assinou, também, decreto sobre a nomeação dos ocupantes de cargos em comissão e funções gratificados do governo estadual. O governador decretou que, a partir do dia 1º de janeiro, ficam nomeados, interinamente, todos os ocupantes de cargos em comissão e funções de confiança. Os com gratificações em DAS e DAI, incluindo os cargos de 1º, 2º e 3º escalão da estrutura administrativa do governo estadual. Em fevereiro, o governador Wellington Dias poderá derrubar esse decreto.

Os dois “meninos” estão de mal

A foto acima mostra como estão os ânimos do senador Ciro Nogueira (PP) e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (MDB). O senador do PP não quis muita conversa com o parlamentar do MDB. E o deputado Themístocles Filho não estava muito contente com o colega de lado, durante a solenidade de posse de Wellington Dias, no Palácio de Karnak, na tarde desta terça-feira (01). Os dois, como meninos zangados, ficaram de braços cruzados. O senador eleito e deputado federal Marcelo Castro (MDB) até que tentou fazer as pazes entres as duas “crianças”. Mas não deu. Castro só conseguia fazer eles sorrirem quando um não estava perto do outro. Até o dia 1º de fevereiro os dois estão de mal.

 

 

Jeová Alencar será reconduzido à presidência da Câmara de Teresina

Nessa quarta-feira (02), será realizada uma sessão especial na Câmara Municipal de Teresina. É a posse da nova mesa diretora para a gestão 2019/2020. O vereador Jeová Alencar (PSDB) foi reeleito para o cargo. O vice-presidente desta vez será o vereador Capitão Paulo Roberto (SD). Os vereadores se reúnem a partir das 10 da manhã.

Conheça a nova Mesa Diretora da Câmara de Teresina (Biênio 2019/2020):

Presidente: Jeová Alencar (PSDB)

Primeiro Vice-Presidente: Major Paulo Roberto (SD)

Segundo Vice-Presidente: Zé Nito (PMDB)

Primeiro Secretário: Fábio Dourado (PEN)

Segundo Secretário: Cida Santiago (PHS)

Terceiro Secretário: Ítalo Barros (PTC)

Quarto Secretário: Deolindo Moura (PT)

Primeiro Suplente: Dr. Lázaro (PPS)

Segundo Suplente: Venâncio (PP)

Corregedoria: Enzo Samuel (PCdoB)

Themístocles Filho tem 18 votos e muita desconfiança

Mesmo com a aliança entre o senador Ciro Nogueira (PP) e o deputado federal Assis Carvalho (PT) para apoiar a candidatura do parlamentar Hélio Isaías (PP) para presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, parece que os apoios não estão acontecendo. A gravação de vídeo feita pela deputada petista Flora Izabel, apoiando o nome do presidente da Casa Themístocles Filho (MDB), se tornou um balde de água gelada para a parceria PP/PT de apoio ao deputado Hélio Isaías. Neste final de semana, o deputado Dr. Hélio Oliveira (PR) visitou Themístocles Filho e confirmou a candidatura de vice-presidente na chapa do emedebista. O PR anunciou o apoio dos três deputados estaduais ao Themístocles Filho. Os aliados de Themístocles Filho já somam 18 votos. No entanto, com certeza, o presidente da Assembleia Legislativa está de orelha em pé. A dura experiência que teve na retirado do seu nome da vaga de vice-governador na última eleição, lhe deixa com a guarda alta, com todo bom lutador, para evitar pegar um golpe de índio e perder a eleição. Um olho do presidente da Assembleia Legislativa está nos deputados e o outro em Wellington Dias. Ele já sabe que gato escaldado, morre.

Deputado Robert Rios será candidato a prefeito de Teresina

O deputado estadual Robert Rios (DEM) pretende concorrer ao cargo de prefeito de Teresina, nas eleições de 2020. O líder da oposição na Assembleia Legislativa pretende fortalecer o partido para as eleições municipais. Robert Rios foi bem votado em Teresina, quando disputou no ano passado, para senador. Ele faz parte de uma aliança de políticos de oposição que fazem parte do DEM, PSB, PSC e PSDB. As eleições para a prefeitura de Teresina e para a Câmara Municipal da capital piauiense promete.