Marden Menezes não vai deixar o PSDB

O deputado estadual Marden Menezes (PSDB) não pretende deixar o ninho tucano. O parlamentar informa que não recebeu convite de nenhum partido político e não pretende discutir esse assunto no momento. Marden Menezes, segundo a assessoria de comunicação, não tem interesse de ingressar em nenhuma legenda aliada ao PT no Piauí.

Confira a nota enviada pela assessoria do deputado Marden Menezes:

Sobre nota divulgada na última terça-feira (16), o deputado estadual Marden Menezes (PSDB) explica que não recebeu convite de nenhum partido e, neste momento, não está discutindo este assunto. Após o segundo turno, o parl.amentar deverá fazer uma avaliação, junto às suas bases e ao partido, tanto em nível estadual e como federal, para definir seus rumos dentro do PSDB. Ele reitera que continuará na oposição, mantendo a mesma postura combativa, respeitando a vontade da população, que o elegeu para mais um pleito, na Assembleia Legislativa do Piauí

Progressistas pretende crescer com chegada de tucano

O Progressistas deve aumentar de cinco deputados estaduais para sete parlamentares na próxima legislatura, no Piauí. O suplente de deputado B. Sá (PP) é o primeiro da lista para assumir uma vaga, se o governador Wellington Dias convidar algum deputado para assumir um cargo no primeiro escalão. Outro nome muito esperado nos Progressistas é o do deputado tucano Marden Menezes. Na Assembleia Legislativa já é quase certa a ida do filho do prefeito de Piripiri, Luiz Menezes, para o partido comandado nacionalmente pelo senador Ciro Nogueira. Isso acontecendo, o Progressistas será o partido com a maior bancada estadual na Assembleia Legislativa do Piauí.

Deputada federal eleita Dra. Marina vai ficar no novo Patriota

As chances da deputada federal eleita, Dra. Marina Santos (PTC), ir para o PSL são zero. A informação foi dada por um político próximo da médica. A intenção dos membros do PTC é irem para o Patriota, após a fusão entre os dois partidos. Os presidentes nacionais das duas siglas partidárias estão conversando e fechando o acordo para a fusão. Nesse “casamento” entre as duas legendas, o novo Patriota vai ter vários vereadores no interior do estado, dois parlamentares em Teresina, um deputado estadual e uma deputada federal.

Tucano não voa para esquerda e nem para a direita

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), decidiu ficar neutro na eleição do segundo turno para presidente do Brasil. Ele vai acompanhar o posicionamento do PSDB nacional de não apoiar o petista Fernando Haddad e nem o candidato do PSL, deputado Jair Bolsonaro. O prefeito tucano disse que pela primeira vez na vida vai se manter neutro no processo eleitoral. Para Firmino Filho, nenhum dos dois projetos dos candidatos a presidente não são atraentes para ele. O tucano não vai voar nem para esquerda e nem para a direita.

Dra. Marina cotada para presidir o PSL no Piauí

Mal foi decidido quem será o presidente do Brasil e o presidente estadual do PSL, publicitário Fábio Sérvio, corre o risco de perder o comando do partido. A deputada federal eleita pelo PTC, Dra. Marina, está cotada para ser a nova presidente da legenda. O presidente PTC no Piauí, deputado Evaldo Gomes, diz que não houve nenhuma conversa sobre esse assunto. Porém, todos os partidos querem um parlamentar federal. A cláusula de barreira provoca muita preocupação às legendas partidárias. E se Jair Bolsonaro for trabalhar no Palácio do Planalto no próximo ano, muitos deputados federais e senadores estarão querendo fazer parte da “família do Capitão”. Fábio Sérvio vai ter que mostrar a sua boa relação com o mito.

Pablo Santos teve um “exército” de vereadores


O deputado estadual Pablo Santos (MDB), conquistou a reeleição com apoio de vários vereadores dos municípios piauienses. Em Teresina, o emedebista obteve mais de 4 mil votos. Na capital do Piauí o vereador Luis André (PSL) foi o único que apoiou Pablo Santos. Calcula-se que o parlamentar do PSL tem conquistado cerca de 3 mil votos para o deputado do MDB. No extremo sul do Piauí, Pablo Santos conseguiu um excelente votação em Corrente. Lá o vereador Cristovam Neto, da mesmo legenda que Pablo, trabalhou e fez com que o colega de partido obtevesse 1.108 votos. Vale lembrar que a base eleitoral de Pablo Santos é a região de Picos.

Vereador Enzo Samuel pode não ser candidato a reeleição pelo PC do B

O vereador de Teresina, Enzo Samuel (PCdoB), pode não ser candidato à reeleição pelo partido comunista, nas eleições de 2020. A informação surgiu nos corredores da Câmara Municipal. No entanto, não foi esclarecido se Enzo Samuel mudaria de sigla partidária ou não tem interesse de continuar no legislativo municipal. Logo que surgiu essa notícia, muitos vereadores de outras legendas demonstraram interesse em ter o vereador do PCdoB filiado nos seus partidos. Nas eleições municipais de 2016, o vereador do PCdoB foi eleito com 2.594 votos dos teresinenses.

Progressistas do Piauí decidiram homenagear o ministro das Cidades

Os progressistas piauienses querem homenagear, mesmo, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy. Foi aprovado na sessão da Câmara de Teresina, desta terça-feira (09), por unanimidade, o Título Honorifico de Cidadania Teresinense. O Decreto Legislativo foi assinado pelos vereadores Venâncio Cardoso (licenciado) e R. Silva, ambos do PP. A proposta foi apresentada no dia 18 de setembro. Na Assembleia Legislativa, o deputado Júlio Arcoverde (PP) apresentou, também, um Decreto Legislativo, na manhã desta terça-feira. Agora, os progressistas pretende combinar com o ministro Alexandre Baldy a data para ele receber, oficialmente, os títulos de teresinense e piauiense. Será se alguém vai perguntar se o ministro fez por merecer as duas homenagens?

Ministro das Cidades vai ganhar Título de Cidadão Piauiense

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, pode se tornar cidadão piauiense. O deputado estadual Júlio Arcoverde (PP) apresentou, na sessão da Assembleia Legislativa, desta terça-feira (09), o Projeto de Decreto Legislativo que trata sobre a concessão do Título de Cidadão Piauiense para o ministro. Alexandre Baldy faz parte do grupo dos Progressistas no Governo Michel Temer. O Ministério das Cidades tem liberado muitos recursos para o estado do Piauí.

Vereador Luiz Lobão é chamado de “Pé Quente”

O vereador Luiz Lobão (MDB) está sendo batizado de “Pé Quente” da eleição do primeiro turno. Ele foi quem articulou o apoio da maioria dos vereadores da capital piauiense para o deputado Marcelo Castro, ao cargo de senador. Luiz Lobão conseguiu eleger todos os candidatos em que votou. Luiz Lobão só não revelou o nome do seu candidato a presidente do Brasil.