Deputado Limma demonstra tranquilidade sobre a decisão do TRE


O deputado estadual Francisco Limma (PT) enviou uma nota sobre a notícia de que estar inelegível, por decisão do Tribunal Regional Eleitoral, através do juiz eleitoral da 20ª zona eleitoral, Maurício Machado Queiroz Ribeiro. Na nota, Limma coloca que ainda “não fora intimado da setença da referida Ação de Investigação Judicial Eleitoral”. Francisco Limma informa ainda que o trabalho realizado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), no município de São João do Piauí, foi realizado “dentro dos prazos legais que a lei eleitoral estabelece”. O deputado petista afirmar estar tranquilo sobre o caso e que sua assessoria jurídica está tomando as providências legais para a averiguação que o caso requer.

Confira a nota oficial do gabinete do deputado Francisco Limma:

Sobre matéria veiculada, citando o nome do Deputado Estadual Francisco Limma (PT-PI), o parlamentar informa que ainda não fora intimado da sentença da referida Ação de Investigação Judicial Eleitoral – AIJE, que tramitou na Comarca de São João do Piauí, envolvendo a candidatura do Prefeito Gil Carlos e algumas SUPOSTAS condutas vedadas imputadas àquele gestor.

O Deputado, contudo, tomou conhecimento – informalmente – de que, dentre as condutas investigadas na Ação, existe um convênio firmado entre a Prefeitura de São João do Piauí e a Secretaria de Desenvolvimento Rural – SDR -, à época dirigida por Limma, mas tudo dentro dos prazos legais que a lei eleitoral estabelece.

O Deputado Francisco Limma informa, ainda, que a sua assessoria jurídica está tomando as devidas providências legais para a averiguação que o caso requer e, se necessário, entrará com as medidas cabíveis para esclarecer os fatos e assegurar que a lei e os direitos individuais sejam respeitados.

Atenciosamente,

Gabinete Parlamentar Deputado LIMMA.