Conselhos querem apoio da bancada federal para aprovar projetos


A reunião acontecerá na próxima segunda-feira na OAB

Diversos Conselhos de classe do Estado estarão reunidos na próxima segunda-feira, 13 de maio, na Ordem dos Advogados do Brasil, secção Piauí, para discutir uma série de ações em conjunto em prol de mais de 100 mil profissionais ligados às categorias, articulando demandas como fiscalização coletiva, convênios, além da articulação com a bancada federal para a aprovação de projetos de lei que viabilizam melhorias salariais e a inserção de profissionais especializados em hospitais e na rede pública de ensino, como é o caso de assistentes sociais, psicólogos e médicos. O encontro ocorrerá a partir das 15 horas.

Presidente do Conselho Regional de Psicologia da 21ª região, Eduardo Moita, sintetiza a pauta do encontro do ‘Conselhão’, ao qual está liderando. “Vai ser discutido o papel dos Conselhos de classe, a união para fiscalizar, viabilidade de criar situações de fiscalização coletiva, convênios e atividades para serem desenvolvidas ao longo de 2019, onde as principais são fiscalização e orientação da categoria no coletivo”, disse.

Moita aponta que será traçada uma agenda com deputados federais e senadores, para que possam estar alinhados aos interesses das categorias, que tanto contribuem para diversos setores no Piauí e no Brasil de modo geral. “Vamos traçar uma agenda com todos os deputados federais e senadores no que diz respeito aos projetos de lei que tramitam de todas as profissões no Brasil, procurar apoio junto a esses parlamentares, porque depois do dia 13, em junho, vamos ter um café com todos os parlamentares do Piauí. Projeto das 30 horas, piso salarial, inclusão de profissionais nas escolas públicas, hospitais, criação de situações que gerem maior segurança para o exercício profissional de todas as categorias”, complementou.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Ascom