Ciro Nogueira toma posse no Senado para mais 8 anos


Está marcada para esta sexta-feira (1º) a sessão de posse do senador Ciro Nogueira (Progressistas), candidato mais votado nas eleições de outubro para representar o Piauí no Senado Federal pelos próximos oito anos. A sessão ocorre a partir das 15h no Plenário do Senado e vai marcar o início do mandato dos 54 senadores eleitos no último pleito.

“Minha gratidão ao povo do meu querido Piauí por me dar mais essa oportunidade de servir ao nosso

O senador piauiense já soma 24 anos como parlamentar federal

estado. Podem ter certeza de que, com ânimos renovados, faremos ainda muito mais pelos piauienses”, afirmou Ciro.

Entre as prioridades para o novo mandato, Ciro destacou a busca pela universalização do acesso ao abastecimento de água potável em todo o Piauí, além da garantia de recursos para as grandes obras estruturantes que o estado necessita para alavancar investimentos privados, gerando emprego e renda para os piauienses.

Ele também ressaltou a importância das reformas necessárias para o restabelecimento da economia do país, com aumento do número de empregos e oportunidades, sem ferir direitos já conquistados.

Esse será o segundo mandato de Ciro Nogueira no Senado. Eleito pela primeira vez para o cargo em 2010, aos 42 anos de idade, Ciro se destacou como um dos principais líderes políticos do país. Reconhecido como um dos cabeças do Congresso Nacional, assumiu em 2013 a presidência nacional do Progressistas, cargo que ocupa até hoje, e é um dos principais articuladores das votações e propostas em tramitação no Poder Legislativo.

O senador também se notabilizou por colocar seu prestígio nacional a serviço do Piauí, garantindo um volume recorde de envio de recursos federais para o estado. Os valores, que ultrapassam a casa dos bilhões, têm ajudado a fazer diferença na vida dos piauienses em diversas áreas como saúde, infraestrutura, turismo, agricultura, saneamento e combate à seca. Na área legislativa, Ciro foi autor de mais de uma centena de projetos de lei.

Um deles originou a Lei 12.654, de 2012, que criou o Banco Nacional de DNA e tem auxiliado na solução de crimes violentos em todo o país. No Senado, foi eleito para a Mesa Diretora por duas legislaturas consecutivas. Ocupou o cargo de Quarto-Secretário durante o biênio 2011/2012 e atuou como Terceiro-Secretário, no período de 2013 a 2014.

Empresário, graduado em Direito pela PUC do Rio de Janeiro, Ciro também foi deputado federal, sendo eleito pela primeira vez ainda no ano de 1995. Ele ocupou o cargo por quatro mandatos consecutivos antes de ser eleito senador. Na Câmara dos Deputados foi Segundo-Vice-Presidente (2005-2007), assumindo também, conforme determina o Regimento Interno, a função de Corregedor da Casa. No biênio 2007-2009 foi eleito Segundo-Secretário e atuou como Quarto-Secretário de 2001 a 2005.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Ascom